Governo responde ao PSOL que gastou R$ 1,3 mi com cartões corporativos

Governo responde ao PSOL que gastou R$ 1,3 mi com cartões corporativos

Em março passado, o PSOL enviou ao governo federal Requerimento de Informações nº 224 cobrando explicações sobre os gastos com cartão corporativo. Em três meses, foram gastos mais de R$ 1,3 milhão somente pela Secretaria Geral da Presidência da República.

Conforme resposta, assinada pelo ministro da Secretaria Geral, Floriano Peixoto Vieira Neto, 31 servidores fazem uso do cartão corporativo, além do próprio presidente Jair Bolsonaro. De janeiro a março, foram gastos R$ 1.340.278,40, entre despesas com hospedagens, alimentação, combustível, material de hospitalar, roupas de cama, mesa e banho e itens de limpeza, entre outras.

Os gastos com hospedagens foram os maiores R$ 584,1 mil, seguido por serviços de apoio R$ 399,2 mil, gêneros de alimentação R$ 210,4 mil e fornecimento de alimentação R$ 74,9 mil. Na resposta do governo, a descrição das despesas não é detalhada.

Vale lembra que durante o período de transição do governo, Bolsonaro defendeu o fim do cartão corporativo, mas voltou atrás e manteve sua utilização.

 

Foto: Agência Brasil

ImprimirEmail