Edmilson Rodrigues propõe CPI para investigar contaminações em Barcarena (PA)  

 

Cerca de 20 acidentes ambientais de grande porte ocorreram na região nos últimos 15 anos, segundo a Defensoria Pública.

Após criar a Comissão Externa da Câmara dos Deputados para averiguar os vazamentos recentes de rejeitos de mineração na cidade paraense de Barcarena, o deputado federal Edmilson Rodrigues (PSOL/PA) iniciou nesta terça-feira (27) uma articulação institucional e política para criar uma Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) para investigar os acidentes ambientais causado por empresas que atuam na região.

Para além do caso atual da gigante da produção de alumínio, a norueguesa Hydro, que detém a Hydro Alunorte, outros casos têm assolado tanto o meio-ambiente quanto as comunidades de Barcarena e entorno. Os dados da Defensoria Pública do Pará dão conta de que 20 ocorrências de grande porte com sérios danos ecológicos e consequências negativas para a população local foram verificadas nos últimos 15 anos.

Edmilson vai propor a criação da CPI junto aos demais integrantes da Comissão Externa, e o grupo vai precisar do apoio de outros 167 parlamentares para assinarem o requerimento de criação da comissão de inquérito. Para ser instalada, são necessárias 171 assinaturas ao todo. Junto ao psolista, são membros da Comissão Externa que tem acompanhado o caso a deputada Elcione Barbalho (PMDB), e os deputados Arnaldo Jordy (PPS) e Delegado Éder Mauro (PSD), todos do Pará.

A visita do grupo às instalações da Hydro foi feita na última sexta (23). Em seguida, Edmilson e Éder Mauro se reuniram com mais de mil moradores(as) da região, que estão sem água potável e denunciaram que estão sofrendo com doenças causadas pela exposição excessiva a substâncias tóxicas, como alumínio e chumbo, conhecidos por terem alto teor cancerígeno.

Na quinta-feira passada (22), o coordenador da Comissão Externa comandou uma reunião dos parlamentares com o ministro do Meio Ambiente, Sarney Filho e a presidente do Ibama, Suely Araújo. Nesta segunda (26), o ministro anunciou que vai embargar e multar a Hydro Alunorte pelos vazamentos denunciados por moradores da região no último dia 17.

 

 

Foto: Mandato Edmilson Rodrigues.

ImprimirEmail