Fernanda Melchionna é a nova líder do PSOL na Câmara dos Deputados

.

A deputada Fernanda Melchionna, do Rio Grande do Sul, foi escolhida como a nova líder do PSOL na Câmara dos Deputados para o ano legislativo de 2020, em reunião da bancada nesta terça-feira (4). A parlamentar vai liderar o grupo na oposição às políticas do governo Bolsonaro e da presidência da Casa, que buscarão aprofundar a retirada de direitos do povo brasileiro.

"Ser líder do PSOL em um momento de luta ininterrupta contra as restrições às liberdades democráticas e a retirada de direitos, que têm sido a tônica do governo Bolsonaro, é uma tarefa árdua. É nossa tarefa fortalecer uma nova esquerda, que combata os privilégios dos ricos e a corrupção, que lute contra a retirada de direitos dos trabalhadores e que esteja em sintonia com as lutas sociais. É muito simbólico que o cargo seja ocupado neste momento por uma mulher", diz.

Fernanda foi eleita com 114.302 mil votos, sendo a mulher mais votada do Rio Grande do Sul na última eleição. Bibliotecária de formação e feminista, tem como focos a defesa do livro e da leitura, dos direitos humanos, das mulheres e dos trabalhadores. É uma das fundadoras do PSOL e compôs a primeira bancada de vereadores do partido em Porto Alegre, onde cumpriu 10 anos de mandato, sendo a vereadora mais votada em 2016.

ImprimirEmail