Dia Nacional das Defensoras e Defensores dos Direitos Humanos

 .

Neste Dia Internacional dos Direitos Humanos, a bancada do PSOL na Câmara apresentou projeto de lei para instituir o 14 de Março como Dia Nacional das Defensoras e Defensores dos Direitos Humanos.

Foi em 14 de março de 2018 que a vereadora do PSOL/RJ, Marielle Franco, foi cruelmente assassinada, num ataque que vitimou ainda o motorista Anderson Gomes. Marielle foi uma notória lutadora pelos direitos humanos, atuando principalmente no interesse do povo das favelas cariocas.

A democracia não sobrevive sem a pluralidade de ideias e a liberdade de expressá-las. Ao executar um defensor de direitos, quem o faz não pretende apenas acabar com aquela valorosa existência, mas também amedrontar todas as pessoas que defendem a pauta, inibindo-as de continuar a fazê-lo.

Esse crime, ainda não desvendado, foi um grande atentado à democracia brasileira, assim como as centenas de assassinatos praticados contra defensoras e defensores de direitos humanos todos os anos no Brasil.

O 14 de Março representará a luta dessas pessoas! E mostrará que a luta continua!

O PL 6.366/2019 foi proposto pela bancada negra do PSOL, Áurea Carolina (MG), David Miranda (RJ) e Talíria Petrone (RJ), com apoio de toda a bancada.

Imprimir