Processo contra Glauber Braga é arquivado no Conselho de Ética

Processo contra Glauber Braga é arquivado no Conselho de Ética

O Conselho de Ética e Decoro Parlamentar arquivou no dia 22/10 o processo movido pelo PSL contra o deputado do PSOL, Glauber Braga (RJ).

 O PSL acusava o parlamentar de quebra de decoro por ter chamado o atual ministro da Justiça e Segurança Pública, Sérgio Moro, de "juiz ladrão" durante audiência pública da Comissão de Constituição e Justiça e Cidadania (CCJ) realizada em julho. Na ocasião, Moro foi à Câmara prestar esclarecimentos sobre denúncias publicadas pelo site The Intercept Brasil.

Para Glauber, as frases ditas contra Moro estão protegidas pela imunidade parlamentar e pela exceção da verdade. "Quem diz a verdade não merece castigo", declarou.

O relator do caso, deputado Flávio Nogueira (PDT/PI) recomendou o arquivamento do processo. “O representado não extrapolou as prerrogativas inerentes ao mandato. Apenas explicitou, embora de forma que pessoalmente julgo equivocada, sua opinião política sobre eventos que suscitam intensos debate e comoção nacionais.”

Ao final da reunião do Conselho de Ética, Glauber fez uma transmissão ao vivo em suas redes sociais. Assista:

https://www.facebook.com/psolnacamara/videos/1098972743632117/?eid=ARCSpyOQMm22xOodRrpCeZVowrE6WJJ_y071Nxgk0OPUngqpkK-s8C3SSzGOEdx-e-hXsAMwiHFB5WJe

ImprimirEmail