PSOL reage contra censura à imagem de Marielle na EBC

PSOL reage contra censura à imagem de Marielle na EBC

As deputadas Luiza Erundina e Sâmia Bomfim (PSOL-SP) protocolaram nesta terça-feira (15) requerimento de convocação do Ministro-Chefe da Secretaria de Governo da Presidência da República, Luiz Eduardo Ramos Batista Pereira, para comparecer a Comissão de Ciência e Tecnologia e explicar a censura das imagens da vereadora do PSOL, Marielle Franco, no programa Antenize, da TV Brasil.

Conforme apuração da Revista Época, um especial sobre Jackson do Pandeiro foi ao ar no programa Antenize, da TV Brasil, em 31 de agosto. Em seguida, foi publicado no YouTube, como de costume. Por cinco segundos, a câmera focaliza livros de cordel, com capas em xilogravura. Entre eles, havia o desenho da vereadora assassinada no ano passado — ao lado da figura do próprio Jackson do Pandeiro, o homenageado.

Uma semana após a veiculação, o diretor de programação da EBC, Vancarlos Alves, foi demitido, no que foi interpretado por alguns funcionários como uma retaliação ao uso da imagem da vereadora. Alves só ficou três meses no cargo. Depois de duas semanas, no dia 23 de setembro, a TV Brasil publicou outra versão para seu canal no YouTube, agora sem a imagem de Marielle Franco. A antiga foi excluída.

A bancada do PSOL na Câmara também pediu que a Procuradora-Geral da República (PGR) investigue a Empresa Brasil de Comunicação por censurar uma imagem de Marielle Franco na TV Brasil. "Não houve interesse público, mas pessoal e particular, orientado ideologicamente, com o único objetivo de perseguir as bandeiras e a memória de Marielle Franco", escreveram os deputados socialistas em representação a Augusto Aras, protocolada na segunda-feira (14) pelo líder do partido na Câmara, Ivan Valente.

ImprimirEmail