Sérgio Moro não responde ao PSOL sobre lobby para baixar preços de cigarros

.

Uma resposta pouco esclarecedora do ministro da Justiça e Segurança Pública, Sérgio Moro. Ele não respondeu sobre encontros com representantes da indústria do cigarro, conforme questionamentos feitos pela bancada do PSOL.

O requerimento de informação perguntava sobre a decisão do Ministério em criar um grupo de trabalho para analisar uma redução da tributação de cigarros fabricados no Brasil, com o objetivo de “diminuir o consumo de cigarros estrangeiros de baixa qualidade, o contrabando e os riscos à saúde dele recorrentes”, segundo o governo. De janeiro a março, entidades ligadas ao setor tabagista estiveram em audiência com Moro. A resposta do governo foi apenas de que algumas das entidades fazem parte do Conselho Nacional de Combate à Pirataria, sediado na pasta.

Além de ir na contramão mundial ao combate à redução do consumo de cigarros, que sobretaxa o setor, o governo Bolsonaro recebe a indústria tabagista e não esclarece sobre o lobby para baixar preços de cigarros no Brasil.

ImprimirEmail