Nota de pesar e solidariedade

Hoje, dia 10 de dezembro, Dia Internacional dos Direitos Humanos e dia da celebração dos 70 anos da Declaração Universal dos Direitos Humanos, a bancada do Partido Socialismo e Liberdade na Câmara dos Deputados vem expressar seu mais profundo pesar pela morte de José Bernardo da Silva (conhecido como Orlando) e Rodrigo Celestino, militantes do Movimento dos Trabalhadores Sem-terra (MST). 

Segundo informações do Movimento, na noite do último sábado (08), por volta das 19h, um grupo fortemente armado assassinou os militantes enquanto jantavam no acampamento Dom José Maria Pires, localizado no município de Alhandra, na região sul do estado da Paraíba. De acordo com relatos de testemunhas às autoridades policiais, vários homens mascarados fizeram os disparos.

Segundo o relatório da Anistia Internacional, o Brasil é país das Américas que mais mata defensores de direitos humanos. Esse é mais um crime contra quem luta por dignidade no campo e ocorre num contexto de forte criminalização dos movimentos sociais.

Nesse momento de luto para lutadores e lutadoras de todo o país, a bancada do PSOL reafirma seu compromisso com a defesa das liberdades democráticas e da reforma agrária e exige das autoridades competentes a apuração imediata e rigorosa desse crime bárbaro.

Aos familiares das vítimas e militantes do Movimentos dos Trabalhadores Sem-Terra, nossa profunda solidariedade. 

 

 

 

Brasília, 10 de dezembro de 2018.

Bancada do PSOL na Câmara dos Deputados

 

 

Deputado Chico Alencar (RJ)

Deputado Edmilson Rodrigues (PA)

Deputado Glauber Braga (RJ)

Deputado Ivan Valente (SP)

Deputado Jean Wyllys (RJ)

Deputada Luiza Erundina (SP)

ImprimirEmail